Empresária Ana Carolina Paranhos, à frente da Doce Carol Ateliê, também já está contratando mão de obra capacitada para atender festas que estão por vir

A autorização da prefeitura de Belo Horizonte para a retomada das festas de casamentos e aniversário na cidade, com público de até 400 pessoas, trouxe otimismo para toda a cadeia produtiva do setor de eventos, que enxerga nesta nova flexibilização a possibilidade de incrementar as vendas e recuperar o longo tempo sem grandes recepções.

É o caso da Doce Carol Ateliê, loja de doces finos, bolos e lembranças para casamentos, com sede no Prado, região Oeste da capital, que espera triplicar o faturamento em relação ao que arrecadava durante o período mais severo de restrições na pandemia. “Durante o todo este período de restrições, estávamos atendendo apenas recepções pequenas para, no máximo, 30 pessoas. Agora, com a volta das festas maiores, claro que cumprindo todos os protocolos exigidos pela prefeitura, nossa estimativa é dar o pontapé inicial para que, em breve, e com a vacinação avançando, possamos retornar, de vez, com os megaeventos do passado, sem medo de um retrocesso”, afirma a proprietária da empresa, a empresária Ana Carolina Paranhos, que antes da pandemia estava acostumada à levar seus doces para grandes espaços de Belo Horizonte e região, além de destination weddings em Ouro Preto, Tiradentes, Arraial D’Ajuda, na Bahia, e São Paulo. 

A expectativa da empresária com a nova flexibilização é, também contratar mão de obra capacitada para atender as festas que estão por vir. “Agora, muitos casais que adiaram o casamento em 2020, vão, enfim, tirar o sonho do papel. Já estou, inclusive, recrutando pessoal para reforçar a equipe de produção. O sentimento é, sobretudo, de felicidade, e de que a vida, aos poucos, está voltando a ser como era antes”.

Agenda Comunicação Integrada

Jornalistas responsáveis:

Maíra Rolim – JP 8850- MG

Daniel de Andrade – RP 0020661-MG

(31) 3021-0204 | 9 8500-1358 | 9 9120-1068

www.agendacomunicacao.com