Sala de
Imprensa

Fechar
10.01.2020
Venda de sacolas retornáveis no Superluna será revertida para construção do 1º Hospital do Câncer de Betim

Projeto é uma parceria da rede de supermercados com a ORCCA; Cada sacola custa R$ 3,98

A rede de supermercados Superluna, em parceria com a ORCCA (Organização Regional de Combate ao Câncer), está comercializando sacolas retornáveis em suas lojas de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O design das embalagens foi elaborado pelo artista plástico Jackson Abacatu. A renda obtida com a venda das 30 mil sacolas produzidas [a unidade custa R$ 3,98], será destinada a construção do primeiro hospital filantrópico da cidade para tratamento do câncer, voltado à atendimento quimioterápico e ambulatorial em tumores adultos, como câncer de mama, tireoide, colorretal e cabeça/pescoço.

Para a supervisora assistencial da ORCCA, Fernanda Martins, comprar a sacola retornável é uma ótima oportunidade não só de colaborar para que este importante projeto saia do papel, como também ajudar o meio ambiente. “Algumas pesquisas apontam, inclusive, que as sacolas plásticas demoram até 500 anos para se decomporem. O descarte diário, aliás, provoca o entupimento de bueiros e córregos, entre outras graves consequências”, destaca.

Há ainda estudos que revelam que cada família com quatro pessoas, infelizmente polui o planeta utilizando pelo menos mil sacolas plásticas por ano. Quando a opção é pela sacola retornável, o consumidor deixa de usar cerca de 500 [sacolas] plásticas no mesmo período.

É importante também considerar que a produção de sacolas plásticas e a dos demais produtos que consumimos diariamente emitem carbono, gás do efeito estufa, que está aumentando a temperatura da Terra. A adoção do uso da sacola reutilizável ajuda a neutralizar essas emissões [de carbono].

Outro motivo para que as pessoas se conscientizem sobre essa importante substituição é o fato das sacolas reutilizáveis serem fabricadas com produtos químicos que não agridem o meio ambiente e consumirem menos energia na produção. “Elas também têm um design moderno e são práticas: podem ser dobradas e guardadas em bolsas e porta-luvas e usadas em diversas ocasiões, não só na ida ao supermercado. Além disso, elas são resistentes, o que faz com que machuquem menos as mãos, e espaçosas. Portanto, que tal aproveitar que um novo ano acaba de começar e adicionar em suas metas algumas pequenas grandes atitudes em prol do nosso planeta?”.

Saiba mais sobre o Hospital do Câncer de Betim

O Hospital do Câncer será instalado em um terreno de 35 mil m², doado pela Prefeitura de Betim para a ORCCA em 2014, as margens da Avenida Edmeia Mattos Lazarotti. A unidade de saúde, que não funcionará com regime de internação, terá capacidade instalada para atender a 60 pacientes em quimioterapia por dia e 300 [pacientes] ao mês para tratamento por via oral. “A expectativa é que no futuro ele possa se tornar um centro de saúde completo no atendimento oncológico e oferecer, inclusive, estadias gratuitas aos pacientes do interior do estado, que chegam para as sessões de ‘quimio’, mas as vezes não têm condições de voltar para casa no mesmo dia”, afirma o presidente da ORCCA, Anderson Borges.

As obras, estimadas entre R$ 3 a R$ 4 milhões, ainda não têm previsão de início, assim como a abertura do hospital. “Por isso contamos com a ajuda da iniciativa privada e de parceiros para estarem conosco nesta empreitada e nos ajudarem na arrecadação de fundos destinados à construção do nosso empreendimento, que sem dúvida salvará milhares de vidas”, destaca Borges.

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

Agenda Comunicação Integrada

Jornalistas responsáveis:

Maíra Rolim – JP 8850- MG

Daniel de Andrade – RP 0020661-MG

(31) 3021-0204 | 9 8500-1358 | 9 9120-1068

www.agendacomunicacao.com