No ano em que completa 46 anos, Mercado do Cruzeiro presta homenagem inesquecível às pessoas que fizeram e fazem a diferença. Um dos homenageados será o arquiteto Éolo Maia, responsável pelo desenho arquitetônico único do mercado

 
Os corredores históricos do Mercado Distrital do Cruzeiro ganharão, em breve, nomes de algumas das pessoas que fizeram e fazem a diferença na história do local
A seleção dos homenageados foi feita em duas etapas: Na primeira, todos os lojistas sugeriram, por meio de pesquisa, os nomes que gostariam homenagear, sejam pessoas do passado do Mercado do Cruzeiro ou que ainda estejam presentes no seu dia a dia. No resultado, a Associação Comercial do Mercado do Cruzeiro (ACOMEC) contabilizou 64 nomes diferentes. Desses, os 16 mais citados darão nomes aos corredores e entradas, cujas placas serão instaladas até o próximo dia 14, data em que o tradicional espaço completa 46 anos.
Um dos homenageados é Antônio de Carvalho Pimenta, que ganhará uma placa na entrada do mercado pela Rua Opala. Vindo de Diamantina, na década de 70, o Seu Pimenta das Batatas [como é carinhosamente conhecido pelos clientes e amigos] começou a trabalhar cedo nas feiras livres de Belo Horizonte. Quando a prefeitura decidiu dar início às obras de instalação do Mercado do Cruzeiro, ele foi um dos fundadores e ajudou, inclusive, a montar as bancas, além de colaborar na construção da Capela de Nossa Senhora Aparecida, localizada no Mercado, de quem sempre foi muito devoto. Atualmente com 90 anos ele não trabalha mais no local, mas é uma figura emblemática para todos que o conhecem.
Outra lojista que terá seu nome em um dos corredores é Maria de Lourdes, a Lilia das Couves, ainda atuante no Mercado. “Estou aqui desde a inauguração. Meus filhos cresceram [aqui] comigo e tudo que eu construí foi por meio desse trabalho, que é mais que um trabalho: é a minha vida”, conta.
 
Primeira placa homenageia arquiteto
 
A primeira placa a ser instalada ficará localizada na Arena Central, que passará a se chamar Arena Éolo Maia, em homenagem ao arquiteto de mesmo nome, nascido em Ouro Preto, em 1942, responsável pelo premiado projeto arquitetônico do Mercado Distrital do Cruzeiro.
Para o presidente da ACOMEC, Wayne Stochiero, esse movimento de instalação das placas simboliza, sobretudo, um resgate da essência do local. “O Mercado não é feito de concretos, tampouco de compartimentos, mas sim de pessoas. São essas pessoas que compõem a riqueza deste espaço. A nossa identidade é plural. Ela vem sendo construída e tecida há quase 50 anos. Por isso nada mais justo do que dar nomes a cada espaço aqui contido, homenageando todos aqueles que nos ajudaram e vem nos ajudando a perpetuar nossa história de muitas lutas mas, sobretudo, de inúmeras conquistas”.
 
 
ASSESSORIA DE IMPRENSA
Agenda Comunicação Integrada
Jornalistas responsáveis:
Maíra Rolim – JP 8850- MG
Daniel de Andrade – RP 0020661-MG
(31) 3021-0204 | 9 8500-1358 | 9 9120-1068
www.agendacomunicacao.com