Presidente da entidade afirma não ser cabível uma lei da década de 60, ainda ser aplicada nos dias de hoje

 
A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Minas Gerais (ABRASEL-MG) entrou na tarde de hoje com um mandado de segurança cível junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) para que bares e restaurantes tenham o direito de vender bebidas alcoólicas neste domingo (15).
A ação é movida após o órgão proibir nessa sexta-feira (13), a venda, distribuição e fornecimento de bebidas alcoólicas entre 6h e 18h deste domingo, em virtude do primeiro turno das eleições municipais. A mesma proibição será aplicada nas cidades em que houver segundo turno, no próximo dia 29.
O presidente da ABRASEL-MG, Matheus Daniel, afirma não ser cabível uma lei da década de 60, época em que o país ainda enfrentava a ditadura militar, ser aplicada nos dias de hoje. “Temos 27 unidades federativas e somente 12 têm um posicionamento arcaico sobre o assunto como a justiça de Minas Gerais.
Matheus Daniel ainda acrescenta que por conta da pandemia, os bares e restaurantes de Belo Horizonte já estão trabalhando com grande restrição no funcionamento e dois dias a menos de faturamento impactará bastante nas receitas, principalmente no mês em que os empresários deverão pagar uma despesa extra a seus funcionários, o 13º salário, cuja primeira parcela vence no próximo dia 30. “Essa atitude do TRE é um descaso com todos os profissionais e empresários do setor. Setor esse que já foi dizimado em mais de 30% só nos últimos oito meses.”
 
 
ASSESSORIA DE IMPRENSA
Agenda Comunicação Integrada
Jornalistas responsáveis:
Maíra Rolim – JP 8850- MG
Daniel de Andrade – RP 0020661-MG
(31) 3021-0204 | 9 8500-1358 | 9 9120-1068
www.agendacomunicacao.com